4/12, EM BRASILIA, #FORA RENAN E # FORA RODRIGO MAIA




















Como se não bastasse o lamentável golpe contra o combate  à corrupção , na Câmara, comandado pelo nefasto presidente Rodrigo Maia, que, descaradamente comandou a bancada dos corruptos ou incautos ,em maioria, a votarem contra as 10 medidas do MPF que viriam a fortalecer o combate ao terrível câncer que tanta injustiça social faz a cada dia no nosso país, a Corrução.

Ontem , o não menos nefasto e réu em 12 processos pelo MPF, presidente do senado federal, sr. Renan Calheiro, na calada da noite, como na Câmara, procurou de maneira torpe e traiçoeira votar às pressas, em regime de urgência, um inacreditável projeto no qual o MPF é tolhido ,mais ainda, do direito de investigar e solicitar punição aos parlamentares e empresários que,  tanto mal fizeram, vêm fazendo e pretendem continuar a fazer .

Felizmente, graças a 44 Senadores sensatos e lúcidos esse danoso projeto não foi apreciado em regime de urgência como queria o Renan Calheiro que, jamais devia continuar no comando dessa casa.

Não tenho dúvidas de que, o referido senador, já devia a muito tempo estar na cadeia assim como o ex-presidente Lula , Jaques Wagner, Sergio Gabrielle e tantos outros, sejam lá de qual partido ou empresa façam parte. Mas, não infelizmente, continua solto e presidindo essa importante instituição cuja função principal era dar seguimento à vontade popular. E, é o combate aos corruptos o  foco principal de todo brasileiro consciente e com visão suprapartidária.

É essa corrupção que, retira os recursos que tanto fazem falta a  saúde, a educação, a segurança e aos investimentos na infra estrutura do nosso Brasil. Portanto todo empenho e colaboração devem ser dados ao MPF, a PF, ao TCU e à Justiça Federal para que os corruptos responsáveis por esse câncer sejam exemplarmente punidos.

Eduardo Leite


4/12, EM BRASILIA, #FORA RENAN E # FORA RODRIGO MAIA 4/12, EM BRASILIA,  #FORA RENAN E # FORA RODRIGO MAIA Reviewed by Eduardo Leite on 6:56 AM Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.