NÃO PRIORIZAR A EDUCAÇÃO É ACEITAR A CORRUPÇÃO.



A realidade de inúmeras escolas do interior do Brasil

https://mail.google.com/mail/images/cleardot.gif

A realidade é a impunidade de muitos políticos envolvidos em corrupção e que continuam no poder ocupando cargos importantes como é o caso do ex-senador , ex Ministro da Tecnologia e atual Ministro da Educação, Aloísio Mercadante, Gilberto Carvalho, Secretaria Geral, e Fernando Pimentel, Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior,por exemplo.


O novo piso salarial para os professores é de R$1.451,este valor é para quem tem carga horária de 40 horas.Já para quem tem carga de 20 horas o valor corresponde á metade, R$725,50, ou seja um pouco mais de um salário mínimo.

Deveria ser na educação a maior prioridade para um país tão rico e emergente como o Brasil. Lamentavelmente os governos passados e em especial o governo PT,com quase uma década no poder, pouco tem investido na educação, na qualificação dos professores e em especial nas escolas de cursos básico, secundário e técnico.

Considerar um piso salarial pouco acima de um salário mínimo que mal dá para sustentar um único indivíduo com a alimentação, para um professor com carga horária de 20 horas é esperar que se possa tirar leite de pedra.

A Finlândia, um pais pobre em riquezas minerais e territorial, assim como o Japão, Correia do Sul, Taiwan e outros pequenos países asiáticos investiram substancialmente em educação e estão tendo o seu retorno.

Governantes verdadeiramente comprometidos com a igualdade social e com o combate à corrupção investem prioritariamente em educação, pois, esse investimento traz muito mais resultados do que os demagogos e corruptos programas de Bolsa Família, Universidade para todos sem investir nas Universidades.

Para caracterizar mais ainda a inversão de valores o governo PT gasta bilhões em publicidade e na construção de estádios de futebol para a copa de 2014,gastos esses que não trarão os resultados esperados . Da mesma maneira que os bilhões investidos nos jogos Pan-Americanos no Rio de Janeiro.

Uma característica em comum com os países que priorizam à educação é que eles detém os menores índices de corrupção.Portanto concluímos que governantes que não priorizam á educação estão coniventes com a corrupção.

Este, o mal maior de qualquer nação. Há de se considerar que os dois ministérios com maior volume de recursos, Educação e Saúde, são frutos dos maiores índices de corrupção. Não é de se estranhar que ambos vivem o caos a cada governo.


Eduardo Leite
gastroajuda@hotmail.com

NÃO PRIORIZAR A EDUCAÇÃO É ACEITAR A CORRUPÇÃO. NÃO PRIORIZAR A EDUCAÇÃO É  ACEITAR  A CORRUPÇÃO. Reviewed by Eduardo Leite on 3/04/2012 11:36:00 AM Rating: 5

3 comentários:

IDERVAL TENÓRIO disse...

Concurso de Professor Temporário da URCA
Publicado no Diário Oficial do Estado, último dia 29, o Edital nº 001/2012-GR, que fixa normas para a realização de concurso para Professor Temporário da Universidade Regional do Cariri (URCA), destinando 168 vagas paras as unidades descentralizadas de Iguatu, Campos Sales e Missão Velha, em diferentes áreas do conhecimento. As inscrições serão iniciadas na próxima terça-feira, dia 6, e vão até o dia 19 de março.
Os requerimentos de inscrição serão recebidos pela Comissão de Seleção do Processo Seletivo, no Campus do Pimenta, à Rua Coronel Antônio Luiz, 1161, CEP: 63.105-000, Crato – CE, no horário das 9 horas às 12 horas e das 14 horas às 17 horas, de segunda-feira à sexta-feira, no prazo estabelecido pelo edital.
Os requerimentos de inscrição também poderão ser feitos através de endereço eletrônico, pelo www.urca.br , devendo a documentação necessária ser postada à Comissão de Seleção, até o último dia de inscrição, por meio de SEDEX com Aviso de Recebimento (AR), no endereço constante do edital. A taxa de inscrição é no valor de R$ 100,00 e deverá ser paga em qualquer agência da Caixa Econômica Federal (CEF), mediante depósito em favor da Universidade Regional do Cariri (URCA), conta corrente nº 369-2, agência 0919-9. O comprovante de depósito deve ser afixado à ficha de inscrição. Os salários destinados aos cargos de professores graduados, especialistas, mestres e doutores com 20 e 40 horas vão de R$ 656,43 a R$ 3.751,06.
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 - 8812.5525 ramal 2612
www.urca.br – Crato, 03 de março de 2012


IDERVAL TENÓRIO disse...
O País do faz de conta.
Fico deverasmente preocupado com este concurso,pergunto:Que concurso?que concurso?. Que respeito para com a educação,que respeito para com os professores.Amigos mais uma vez os gestores que deveriam olhar com bons olhos os nossos educadores empurram de ladeira abaixo sem nenhum pudor.
Concurso para vagas provisórias,temporárias,vagas precarizadas,vagas sem nenhuma garantia constitucional.O pior senhores, estes gestores são nossos contemporâneos,foram nossos colegas de Universidades, foram amigos de infância,foram dos nossos diretórios acadêmicos, participam do nosso meio cultural e social.
Amigos a nossa geração nada vai deixar de Constitucional para a nossa população,nada de segurança para o futuro.
Professores numa penúria arrasadora,médicos numa pendenga de fazer medo,pequenas indústrias sem poder de competição com os produtos importados dos países que não respeitam os seus cidadãos,a cultura pátria vilipendiada pela cultura do além mar. Chequim,checaute,estande bai,in of,taime,overnaite,baique,choping e outras traduções malucas.Um b com A não é mais beabá é bá, um B com E não é mais beébé,está aí a falta da construção das palavras e esta leva de analfabetos funcionais que apenas decoram e botam pra fora.

Enquanto os Mestres forem assim tratados o Brasil não sairá do alicerce.Amigos contemporâneos que dirigem esta nação,valorizem mais os professores.

Outra coisa, o governo Federal apresentou o novo salário base dos professores nos municípios,mas não disse aos prefeitos de onde sairão as verbas para que sejam aplicados pelas pequenas Prefeituras.O Mistério da Educação tem que injetar fundos para o cumprimento desta lei,acima de tudo justa e necessária.Eu gosto dos meus professores,eu sou grato aos meus professores,chego a dizer que eu amo os meus professores como amo os meus familiares.Para muitos os professores são mais do que muitos pais.

Para reflexão de um povo sofrido e de uma esquecida educação.

IdervalReginaldo Tenório
http://www.iderval.blogspot.com

Um blog cultural .
3 de março de 2012 20:37
Postar um comentário

IDERVAL TENÓRIO disse...

Concurso de Professor Temporário da URCA
Publicado no Diário Oficial do Estado, último dia 29, o Edital nº 001/2012-GR, que fixa normas para a realização de concurso para Professor Temporário da Universidade Regional do Cariri (URCA), destinando 168 vagas paras as unidades descentralizadas de Iguatu, Campos Sales e Missão Velha, em diferentes áreas do conhecimento. As inscrições serão iniciadas na próxima terça-feira, dia 6, e vão até o dia 19 de março.
Os requerimentos de inscrição serão recebidos pela Comissão de Seleção do Processo Seletivo, no Campus do Pimenta, à Rua Coronel Antônio Luiz, 1161, CEP: 63.105-000, Crato – CE, no horário das 9 horas às 12 horas e das 14 horas às 17 horas, de segunda-feira à sexta-feira, no prazo estabelecido pelo edital.
Os requerimentos de inscrição também poderão ser feitos através de endereço eletrônico, pelo www.urca.br , devendo a documentação necessária ser postada à Comissão de Seleção, até o último dia de inscrição, por meio de SEDEX com Aviso de Recebimento (AR), no endereço constante do edital. A taxa de inscrição é no valor de R$ 100,00 e deverá ser paga em qualquer agência da Caixa Econômica Federal (CEF), mediante depósito em favor da Universidade Regional do Cariri (URCA), conta corrente nº 369-2, agência 0919-9. O comprovante de depósito deve ser afixado à ficha de inscrição. Os salários destinados aos cargos de professores graduados, especialistas, mestres e doutores com 20 e 40 horas vão de R$ 656,43 a R$ 3.751,06.
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 - 8812.5525 ramal 2612
www.urca.br – Crato, 03 de março de 2012


IDERVAL TENÓRIO disse...
O País do faz de conta.
Fico deverasmente preocupado com este concurso,pergunto:Que concurso?que concurso?. Que respeito para com a educação,que respeito para com os professores.Amigos mais uma vez os gestores que deveriam olhar com bons olhos os nossos educadores empurram de ladeira abaixo sem nenhum pudor.
Concurso para vagas provisórias,temporárias,vagas precarizadas,vagas sem nenhuma garantia constitucional.O pior senhores, estes gestores são nossos contemporâneos,foram nossos colegas de Universidades, foram amigos de infância,foram dos nossos diretórios acadêmicos, participam do nosso meio cultural e social.
Amigos a nossa geração nada vai deixar de Constitucional para a nossa população,nada de segurança para o futuro.
Professores numa penúria arrasadora,médicos numa pendenga de fazer medo,pequenas indústrias sem poder de competição com os produtos importados dos países que não respeitam os seus cidadãos,a cultura pátria vilipendiada pela cultura do além mar. Chequim,checaute,estande bai,in of,taime,overnaite,baique,choping e outras traduções malucas.Um b com A não é mais beabá é bá, um B com E não é mais beébé,está aí a falta da construção das palavras e esta leva de analfabetos funcionais que apenas decoram e botam pra fora.

Enquanto os Mestres forem assim tratados o Brasil não sairá do alicerce.Amigos contemporâneos que dirigem esta nação,valorizem mais os professores.

Outra coisa, o governo Federal apresentou o novo salário base dos professores nos municípios,mas não disse aos prefeitos de onde sairão as verbas para que sejam aplicados pelas pequenas Prefeituras.O Mistério da Educação tem que injetar fundos para o cumprimento desta lei,acima de tudo justa e necessária.Eu gosto dos meus professores,eu sou grato aos meus professores,chego a dizer que eu amo os meus professores como amo os meus familiares.Para muitos os professores são mais do que muitos pais.

Para reflexão de um povo sofrido e de uma esquecida educação.

IdervalReginaldo Tenório
http://www.iderval.blogspot.com

Um blog cultural .
3 de março de 2012 20:37
Postar um comentário

Nilson Barcelli disse...

A Educação é essencial para o progresso de um povo, seja ele material ou não.
A liberdade, por exemplo, só é possível depois do essencial. A educação, a alimentação e a habitação estão entre as condições básicas a que todos os povos deveriam ter direito. Sem isso, até a democracia é frágil.

O problema é que políticas viradas para o investimento a longo prazo não dão votos a curto prazo... mas isto só é verdade até que o povo perceba os mecanismos do poder...

Caro amigo, tem um bom domingo e uma boa semana.
Abraço.

Tecnologia do Blogger.