FFELIZ ANO NOVO




A cada ano novo somos envolvidos num clima de promessas, mudanças e a esperança de dias melhores. Nada mais justo.

Num mundo onde o crescimento é ditado como vital, o homem cego, pelas conquistas materiais, esquece da sua terra mãe e do seu semelhante, explora,devasta as suas reservas naturais, diminuindo cada vez mais as suas chances de sobrevivência.

No plano individual, esquece-se da importância de uma vida saudável e torna-se sedentário, ambicioso e egoísta, pagando um preço caro na tentativa de recuperar a sua saúde ou a sua essência.

Não pedimos muito para este ano que chega como os anteriores, pedimos apenas, que as pessoas reflitam mais na importância do SER e não esperem muito do TER.

Eduardo Leite
FFELIZ ANO NOVO FFELIZ ANO NOVO Reviewed by Eduardo Leite on 12/31/2006 08:06:00 AM Rating: 5

4 comentários:

Simplesmente Outono disse...

Começo de ano. Feriado. Nada na rua a não ser os restos de 2006.
Me concedo passear por entre páginas.
Quero algo novo, algo a ser descoberto e por que não dizer conquistado.
Eis-me aqui para ler-te e quem sabe fazer parte de tuas letras.
Quero repousar meus olhos em textos que me façam voar...
Permita-me desejar um 2007 repleto de coisas boas onde deixo folhas secas espalhadas pelo teu chão.
Quem assina? Eu, Simplesmente Outono.

Eduardo Leite disse...

Outono, por aqui passou,em 1 de Janeiro ,deixou uma mensagem.

Poética ,palavras bem colocadas,um tanto enigmática,com traços de tristeza,mas com esperanças.

Outono,como as folhas que caem,pensa em voar.

Isso é muito bom,eleva aos céus a busca do encontro,eterna cina de quem quer amar.

Fazer parte de minhas letras,para mim, sempre será um prazer, assim como meditar sobre as suas folhas secas.

Obrigado, Outono ,aguardo novas folhas. Feliz 2007 para você.

Simplesmente Outono disse...

O Outono tornou a surgir tão logo encontrou sua mensagem.
Fique certo que passear por tuas linhas já se tornou um imenso prazer.
Pelos indícios ler-te se tornará um vício que apareceu de forma magnificamente inesperada.
Beijos, folhas secas e Michele.

Simplesmente Outono disse...

Fui levada a adicioná-lo em minha estação para que desta forma não o perca mais de vista.
Certamente serei presença assídua por aqui.
Folhas secas caídas pelo teu chão é o que deixa esta estação que vos fala.

Tecnologia do Blogger.