DIA DO MÉDICO, NADA A COMEMORAR.






Os grandes avanços na Medicina nos últimos 25 anos, por se só, seriam motivos para comemorar, e muito, todos os dias dedicados aos Médicos. Mas, o que vemos é que esses grandes avanços na Ciência Médica, cada vez mais, ficam ao alcance dos poucos  que podem usufruir  de uma assistência médica privada ao contrário dos muitos que só podem contar com o SUS.

Aliado a esse ponto de vista , nos últimos 14 anos nunca a classe Médica no Brasil foi tão  ultrajada  , difamanda de maneira covarde e injusta como nos últimos 14 anos . Abertura de novas faculdades de medicina sem a mínima condição de formar bons profissionais foram abertas de maneira demagógica e irresponsável como se fosse a solução para resolver o caos na saúde pública .
 
Como se não bastasse esse absurdo, campanhas difamatórias contra a classe médica foram desencadeadas pelos diversos segmentos da mídia bancada pelo governo Federal. Campanhas absurdas acusando médicos do SUS como racistas e mercantilistas.

O ato médico outro crime endossado pelos poderes legislativo e executivo. Notabilizando-se como absurdo onde os técnicos de optometria são qualificados como se oftalmologistas fossem, dentre tantas outras incoerências , por exemplo, dando aos farmacêuticos o direito de consultarem e receitarem.

Hospitais superlotados sem condições mínimas de funcionamento digno tornaram-se maioria vergonhosa na rede pública onde os pacientes são privados de um atendimento humanizado e eficiente, onde pacientes com fratura expostas levam até 8 dias para serem operados.

Trabalhar nessas condições é compactuar com o descaso aos seus pacientes, profissionais que assim procedem não tem o que comemorar e sim a se envergonhar.

Falta união e conscientização ética a quem aceita trabalhar nessas condições. Não, os médicos na sua maioria significativa não têm que comemorar nesse 18 de Outubro, a eles dedicados como dia dos Médicos.

Mais pertinente, deveria ser comemorado o dia do protesto Médico por melhores condições de saúde para todos, por  união da classe  Médica e condições dignas de trabalho.

Eduardo Leite
DIA DO MÉDICO, NADA A COMEMORAR. DIA DO MÉDICO, NADA A COMEMORAR. Reviewed by Eduardo Leite on 9:57 AM Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.