A CORRUPÇÃO É O CÂNCER DA POLÍTICA E LULA É A METÁSTASE.



A corrupção no nosso país e, em especial, na política não é de hoje. Dizer que é por causa da nossa origem, rica em degenerados colonizadores portugueses, é um equívoco que só favorece à banalização da mesma.

A Austrália foi um presídio colônia da Inglaterra e, hoje é uma rica nação e tem os menores índices de corrupção. A diferença entre a Austrália e o nosso Brasil é que para 100.000 australianos há oito Auditores e no nosso Brasil, apenas um para 100.000 brasileiros.

Temos que levar em consideração as sérias dificuldades do MPF, da CGU e da Polícia Federal. Todos esses importantes segmentos estão com déficit funcional e de verbas,o que compromete o seu desempenho e colabora com os infratores.

As leis e a maioria dos partidos políticos são tendenciosas para proteger os ricos e penalizar com rigor aos pobres. As evidencias de enriquecimento ilícito são tão evidentes e quase nada é penalizado.

Temos um STJ onde Ministros são nomeados por padrinhos políticos. TCE da mesma forma, se o governador, como no caso da Bahia, tem maioria dos Conselheiros, ´´companheiros``, quase nada é devidamente apurado se o réu é da base do governador. Já se o réu é da oposição há o rigor da lei.

Não há interesse dos políticos em apurar esses desvios, mas, há rigor em penalizar a quem os denuncia. Agora mesmo temos o exemplo da vergonhosa CPI do Cachoeira, explicitamente, um jogo de cena entre os partidos envolvidos.

Se essa CPI fosse conduzida por homens públicos honestos,todo mundo sabe,chegaria aos grandes poderosos. Quem não sabe que as construtoras,em especial a DELTA,mantém esses grandes corruPTos ?

O Partido dos Trabalhadores, PT, há 10 anos, chegou ao poder, por representar a esperança do povo por mudança que viesse reparar a desigualdade social, pois, a reparação da dessa desigualdade começa pelo combate à corrupção.

Infelizmente, esse Partido, PT, cuja força está 100% concentrada na genialidade intuitiva do seu principal idealizador, Luiz Inácio Lula da Silva, literalmente, partiu a Nação.

Partilhando os partido como se fossem grupos de quadrilheiros. Para chegar ao poder e manter-se, faz as mais espúrias alianças com partidários que, literalmente, são bandidos disfarçados de sindicalistas, vereadores, prefeitos, deputados estaduais, deputados federais, senadores e governadores.

A conclusão que chegamos a tudo isso, é que Lula não inventou a Corrupção na Política, mas, a amplificou e a banalizou. Portanto, como a Corrupção é o Câncer da Política, Lula a sua pior Metástase.

Eduardo Leite


gastroajuda@hotmail.com

www.políticaecorrupcaonasaude.blogspot.com

PS; uma das principais características do câncer é enganar ou lubridiar os linfócitos, disfarçando-se de células normais,as bem intencionadas...

A CORRUPÇÃO É O CÂNCER DA POLÍTICA E LULA É A METÁSTASE. A CORRUPÇÃO É O CÂNCER DA POLÍTICA E LULA É A METÁSTASE. Reviewed by Eduardo Leite on 7/07/2012 12:08:00 PM Rating: 5

Um comentário:

Pattricia Pitombo disse...

Ótima metáfora para os anos Lula...mto bom artigo.

Tecnologia do Blogger.