FRAUDE NOS HOSPITAIS PÚBLICOS DO BRASIL.


Esta semana os diversos meios de comunicação, em especial as TVs, noticiaram fraudes em hospitais do interior de São Paulo, com destaque na próspera Sorocaba.

Desta vez as fraudes eram em relação ao pagamento a médicos plantonistas que recebiam honorários indevidos por plantões que não davam. As cifras são significativas e as consequências negativas para a população carente, imensuráveis.

A falta de médicos nos diversos hospitais públicos em todo o Brasil e principalmente no interior é um dos fatores preponderantes que resulta no caos da saúde pública. No entanto,com raras exceções,muitos hospitais públicos têm um folha de pagamento de médicos e outros profissionais da área de saúde onde consta profissionais em excessos mas, que na realidade não estão trabalhando ou quando trabalham têm uma carga horária reduzida.

Os motivos pelos quais esses absurdos ocorrem são vários, dentre eles podemos relacionar os baixos salários pagos aos médicos contratados mediante concursos, os estatutários, fraudes nas licitações das firmas terceirizadas e as ditas falsas cooperativas médicas. Há também a moeda política da troca onde diretores(as) e coordenadores(as) médicos são nomeados por políticos que têm hospitais públicos como prêmio por adesões ou cooperação nas eleições.

Quando diretor do maior hospital público do interior da Bahia, Hospital Regional Clériston de Andrade, em Feira de Santana, pude constatar esses absurdos onde médicos contratados por firmas terceirizadas recebiam quatro vezes mais, para exercer o mesmo serviço, do que os médicos estatutários. A contratação de OSS-Organizações Sociais-ditas sem fins lucrativos- possibilita contratos superfaturados e outros desvios na contratação de profissionais da área de saúde.Também constatei que no passado havia médicos que recebiam por uma carga horária incompatível com a vida, em plantões de ortopedia.

Caso de médico que recebia sem trabalhar há mais de 10 anos. Todas essas fraudes eu denunciei. Diante da inoperância e evidente falta de interesse político por parte do Estado só me restou pedir exoneração.

Essa experiência como co-gestor público me levou a escrever o livro POLÍTICA E CORRUPÇÃO NA SAÚDE-PARTE I- www.politicaecorrupcaonasaude.blogspot.com - onde denunciei as fraudes dos governos anteriores. Posteriormente escrevi o segundo livro, POLITICA E CORRUPÇÃO NA SAÚDE-PARTE II, onde relato as improbidades do atual governo-Jaques Wagner-PT-.

Denunciar e provar as fraudes, a incompetência e o jogo podre da política em relação à saúde é muito difícil mas não é impossível.Mesmo assim o blog www.blogdovelame.com.br ,quando da última eleição para governador, denunciou uma licitação fajuda, que acabou sendo anulada, onde uma ONG, de araque ,ligada ao PT paulista,assumiria o recém inaugurado HEC-Hospital Estadual da Criança.Vale salientar que este hospital inaugurado sem condições de funcionar continua com menos de 30% da sua capacidade operacional .

Um dos principais motivos que constatei é que os corruptores do passado ,quando fora do poder, se juntam com os corruptores do presente. Ou seja, não há oposição consistente. Não há interesse de desvendar e punir os corruptos do passado. Por quê?Porque o maior interesse dos políticos está em manter-se por maior tempo possível no poder, nada mais.TUDO VALE A PENA SE A GRANA NÃO FOR PEQUENA...

O Ministério Público Federal e Estadual são lentos e desmotivados o que permite a dificuldade da apuração.O TCE-Tribunal de Contas do Estado,cujos conselheiros são nomeados pelos governantes, operam amordaçados,surdos e cegos pelas forças dos padrinhos do passado e do presente.Salvo raras exceções.

O caos na saúde pública sempre tenho dito, é fruto da corrupção embutida no interesse espúrios da maioria dos gestores e políticos do nosso país,estes, fortificados pela crença da impunidade fruto da benevolência dos tribunais para com os senhores do poder. Boa sorte ao governo de São Paulo, e se houver seriedade por parte do governador a saúde pública, de SP, terá resultados positivos que serão revertidos à população dependente do sistema SUS.

Eduardo Leite

www.politicaecorrupcaonasaude.blogspot.com

gastroajuda@hotmail.com

FRAUDE NOS HOSPITAIS PÚBLICOS DO BRASIL. FRAUDE NOS HOSPITAIS PÚBLICOS DO BRASIL. Reviewed by Eduardo Leite on 11:34 AM Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.