PRESIDENTE, NÃO CEDA AO INVESTIDOR ESPECULATIVO.


Ontem tivemos a notícia, divulgada em forma, aparentemente, de merchandise, que o Banco do Brasil comprou 50% do capital do banco de investimento, Votorantim, pela ´´bagatela `` de quatro bilhões e 300 milhões de reais.
.
A notícia foi dada como se fosse um grande negócio para o Banco do Brasil.
.
É mentira, na realidade é um péssimo negócio para o estatal e um grande negócio para o grupo Votorantim, este, com mais de 90 anos bem sucedidos no ramo de cimento e mineração, que tentado pelo ganho fácil do capital especulativo, resolveu na última década entrar no rentável vilão da especulação financeira.

Com a crise mundial, culpa do endividamento americano, o Banco Votorantim, investindo no mercado futuro do dólar, perdeu mais de três bilhões de reais nessa funesta aplicação.

Agora, com o seu grande poder de barganha, consegue convencer ao governo brasileiro a cobrir o seu déficit com dinheiro público. Uma vergonha. Verdadeiro golpe 171 com o erário público.

Da mesma maneira que não deve previlegiar o mercado especulativo, o governo não deve ceder às montadoras de automóveis, estas, já grandes beneficiadas em incentivos fiscais e outras benesses, sempre, quando em crise , apelam o´´sentimento`` nacional. Pura balela.

O governo, sim, deve investir no micro crédito para o comércio, pequena indústria, e pequenos agros produtores, estes segmentos é que realmente geram empregos e pagam impostos.

Eduardo Leite
eduardoleite@gastroajuda.com.br
www.politicaecorrupcaonasaude.blogspot.com
PRESIDENTE, NÃO CEDA AO INVESTIDOR ESPECULATIVO. PRESIDENTE, NÃO CEDA AO INVESTIDOR ESPECULATIVO. Reviewed by Eduardo Leite on 9:41 AM Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.